Por que devo otimizar a minha planta industrial?

Como acelerar os processos na sua indústria?
25 de junho de 2020
Aumentando a eficiência operacional na indústria
23 de julho de 2020

Aumentar a produtividade e a eficiência é o desejo da maioria dos engenheiros de produção e gestores da área industrial, porém, nem sempre eles se atentam à planta industrial, um princípio básico importante que ajuda a otimizar os processos.

Se você ainda não tem certeza se a sua planta industrial deve ser modificada, é preciso, primeiro, analisar o dia a dia da sua produção e os resultados que a sua indústria apresenta.

Geralmente, modificar o layout pode trazer vantagens significativas, como:

  • redução do deslocamento de pessoas, materiais e produtos;
  • melhoria na qualidade do estoque;
  • utilização mais racional do espaço disponível;
  • melhor viabilização da supervisão;
  • melhora na qualidade da sua produção;
  • redução do número de acidentes de trabalho;
  • mais eficiência e produtividade;
  • possibilidade de integração da sua linha de produção com diversos sistemas de automação.

 

Como tornar minha planta industrial mais eficiente?

Dentro da indústria, um bom planejamento pode trazer resultados significativos, como reduzir custos, aumentar a produtividade e ainda maximizar os lucros.

 

Otimização do transporte

O transporte é um dos pontos que mais geram problemas na maioria das indústrias, fazendo com que elas percam em produtividade e eficiência. Além disso, grande parte das linhas de produção utiliza o transporte de produtos e de matérias-primas através do uso de empilhadeiras, calhas de transporte e outros.

Tudo isso pode tornar a sua linha de produção mais complexa e demorada e nesse caso a dica é sempre reduzir ao máximo a necessidade de transporte, aumentando a eficiência da sua produção. Para isso, você poderá, por exemplo, evitar organizar as seções da sua indústria por tipo de máquinas, já que essa medida apenas aumenta a necessidade de transporte.

 

Atenção ao tipo de layout e as necessidades da indústria

Na hora de pensar na planta industrial, é preciso ter atenção às suas necessidades e particularidades. Geralmente, são 3 os tipos de layouts mais usados:

  • layout por produto: as máquinas são organizadas de acordo com a necessidade da produção. Esse arranjo também pode ser conhecido como “produção em série”, onde o produto é formado na linha de montagem progressivamente e a movimentação dos funcionários é baixa. Por isso, a correta distribuição dos maquinários é tão importante;
  • layout por processo: capaz de oferecer mais flexibilidade para diferentes produtos, colocando à disposição equipamentos e ferramentas em uma sequência fixa, produzindo, assim, uma série de produtos com finalidades distintas;
  • layout por posição: neste o produto permanece fixo em um local, sendo que os componentes são produzidos em outro espaço e levados para a área de montagem final.

Para escolher o melhor tipo de layout é preciso pensar nas características, quantidades e necessidades da sua produção, além dos recursos e dos benefícios pretendidos.

 

Cuide do capital humano

Ainda que a sua planta industrial esteja muito bem planejada, nada disso terá resultado caso seus colaboradores não estejam capacitados para atuarem nesse espaço ou motivados a atingir metas.

Muitos gestores pensam apenas na parte técnica das plantas industriais e se esquecem que o capital humano ainda é extremamente importante na hora de conseguir produzir mais e melhor.

Por isso, ofereça capacitação para que seus colaboradores entendam o layout e trabalhaem de maneira adequada nele, além, é claro, de pensar em medidas e planos de motivação, estratégias para aumentar o conforto e como ampliar a segurança nas linhas de produção.

 

Invista em tecnologia de conexão

A automação industrial é um caminho sem volta e para que ela ocorra de maneira segura e integrada ao seu layout é extremamente importante que você se atente a tecnologia de conexão. Além de ser adequada à tecnologia de automação que você está usando (permitindo melhorar a comunicação entre os seus sensores e o controle, por exemplo), é essencial que eles ofereçam segurança.

Uma conexão mal planejada e executada poderá colocar em risco todo o projeto de automação, fazendo com que seus equipamentos não funcionem de maneira adequada, colocando o seu investimento em risco, aumentando as chances de curto-circuito, panes elétricas e até incêndios.

Para evitar tudo isso, a dica é sempre contar com ajuda especializada na hora de criar a sua estratégia de automação e optar por bons fornecedores, de qualidade e procedência garantida, além de tecnologia compatível com os sistemas que você está usando.

 

Crie um mapa dos processos

Sua indústria daqui 5 ou 10 anos funcionará exatamente igual a hoje? Com os avanços tecnológicos, a forma de produzir está mudando rapidamente e é essencial que a sua planta industrial consiga acompanhar essas tendências.

Para isso, ter um mapa dos processos é uma ótima maneira de compreender todos os processos, além de facilitar eventuais modificações. Também é fundamental que todos os seus colaboradores conheçam as etapas da produção, facilitando para que reconheçam erros e ajudem a detectar gargalos, melhorando a dinâmica produtiva.

 

A PAHC é especialista em Automação Industrial, atuando no mercado desde o ano 2000. Fornecemos soluções completas para a infra-estrutura em diversos segmentos, utilizando sensores industriais das principais marcas do mercado, com estoque local, atendimento diferenciado e disponível para todas as etapas do seu projeto, desde a análise até a concepção.
Clique aqui para enviar sua solicitação a um de nossos especialistas!