Identificando desperdícios na produção industrial

A importância do desenvolvimento da indústria para o Brasil
30 de abril de 2020
O que são e como funcionam os Sensores Industriais?
28 de maio de 2020

Reduzir os desperdícios na produção é um dos principais desafios para os gestores da área. Para isso, é essencial mapear quais são os pontos que podem ser melhorados na empresa e criar estratégias para evitar falhas nos processos.

Existem muitos fatores que geram desperdícios na indústria, como superprodução, alto índice de defeitos, estoque superlotado, movimentação desnecessária de materiais e ociosidade resultante de equipamentos parados.

Abaixo citamos alguns dos principais desperdícios que podem ocorrer quando você ainda não tem a Indústria 4.0 implantada. Se isso ocorre na sua indústria, já está na hora de você pensar em como a automação industrial pode otimizar seus processos!

Defeitos

Processos inadequados de fabricação, produtos danificados devido ao transporte ou alocação inadequada, falta de procedimentos de trabalho, falta de equipamentos e máquinas adequadas e falta de treinamentos são as principais causas da má qualidade de produtos que geram retrabalho.

 

Inventário

Ter excesso de matéria-prima ou ferramentas também gera desperdícios, afinal, isso resultará em mais gastos para a empresa, ocupação de área, manutenção de inventário e até perda de produtos. A produção excessiva e um alto tempo entre o pedido e a entrega do produto são as principais razões para esse tipo de desperdício.

 

Espera

A espera em uma linha de produção na maioria dos casos surge da falta de material, falta de mão de obra, da existência de gargalos na produção, do setup e reparo de máquinas descontrolados, layout deficiente e operações seqüenciadas de maneira incorreta.

 

Movimento Improdutivo

É considerado uma movimentação desnecessária sempre que o produto sofre alguma interferência que não agregue valor e que possa ser eliminada com ajustes no processo produtivo e com a melhoria no layout.

 

Transporte

Quando um recurso (seja ele pessoas, materiais, equipamentos, ferramentes, etc) é transportado sem necessidade, temos um desperdício de transporte. Por exemplo, quando um determinado material é enviado para uma área errada, isso pode gerar atrasos em toda operação, além de custos adicionais.

 

Produção Excessiva

A produção descontrolada gera estoques desnecessários que por sua vez produz a necessidade de mais matéria prima, mão de obra, equipamentos e espaço fisico para movimentar e estocar este material. Com a produção em excesso as empresas acabam investindo capital desnecessário na produção.

 

Processamento Excessivo

A principal causa de processamentos desnecessarios é a falta de padronização dos processos produtivos. Esta falta de padrão faz com que a produção seja realizada de forma aleatória, não agregando valor.

 

Com a eliminação dos desperdícios consegue-se melhorar o fluxo produtivo, a qualidade dos produtos de serviços, reduzir custos, aumentar a eficiência na entrega. Resumindo, isso proporciona à empresa maior foco no cliente e redução de tempo de espera que irá gerar melhoria da qualidade do atendimento e da satisfação do cliente.

 

 

A PAHC é especialista em Automação Industrial, atuando no mercado desde o ano 2000. Fornecemos soluções completas para a infra-estrutura em diversos segmentos, utilizando sensores industriais das principais marcas do mercado, com estoque local, atendimento diferenciado e disponível para todas as etapas do seu projeto, desde a análise até a concepção.
Clique aqui para enviar sua solicitação a um de nossos especialistas!